Vol. I

by Sheila Cretina

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
3.
4.
02:30
5.
02:13
6.
04:10
7.
04:43

credits

released November 11, 2011

SHEILA CRETINA:
Gustavo McNair (voz e guitarra)
Rodrigo Ramos (guitarra e voz)
Jairo Fajersztajn (baixo e voz)
Caio Casemiro da Rocha (bateria)

Músicas por Sheila Cretina
Letras por Gustavo McNair
Produzido por Sheila Cretina e Gianni Dias
Gravado no Red Mob Studio por Gianni Dias e Piettro Torchio entre 2009 e 2010.
Mixado por Rodrigo Ramos e Fabian Jorge
Masterizado por Michael Fossenkemper, Turtle Tone Studios, NYC
Tipologia "sheila cretina" por Mateus Acioli
Arte por Manéu

São Paulo, Brasil, 2011
sheilacretina@gmail.com

tags

license

all rights reserved

about

Sheila Cretina São Paulo, Brazil

brazilian garage frenzy!

contact / help

Contact Sheila Cretina

Streaming and
Download help

Track Name: CERTO DE QUE TUDO TEM DEFEITO
Certo de que tudo tem defeito
De que em tudo dá-se um jeito
Resolvi descer do leito e dedilhar um trecho

Assunto tem de sobra
Inspiração é o que não falta
O difícil é escolher a pauta

Tem tanta coisa pra falar, muita gente pra ouvir
O difícil é tudo coincidir

Mas eu não vou ficar pra trás
Vou fazer o que eu quero mais

Mas eu não quero nem saber
Porque eu não dou o braço a torcer
Track Name: EU VOU TE DERRUBAR DO SALTO
Eu vou te derrubar, vou te tirar do salto
Cocota, fica esperta, vou te desmascarar

Não chega com essa pinta de que é perfeita
Tu é leoa mais não morde, tem que saber domar

Tu é leoa que não morde mas sai pra caçar
E eu vou que nem gazela Thompson quando me chamar
Pra satisfazer os seus desejos e eu aproveitar
Tomar um gole, dar um beijo e virar pra fumar
Não tem grilo, não tem galho de você me cobrar
Porque a gente compartilha o mesmo jeito de amar

A gente compartilha o mesmo jeito de amar
Jeito de usar, jeito de amar
A gente compartilha o mesmo jeito de amar
Track Name: E NÃO SE OUVE NADA
Quando a vontade desperta
Qualquer apelo satisfaz
O calor circula pelo corpo
A cabeça funciona voraz

Idéias derrubadas pelo rio
Que as varre sem demora
A emoção sobe pelos pés
Serra os dentes, cora

E não se ouve nada

A mente voa
A caneta reduz
Nem um último pensamento inacabado
Não há o que recupere a luz

Então se busca um foco
Um flash de lembrança
Prendo fundo, solto
Uma gota de esperança

E não se ouve nada
Track Name: UM
Me ensinaram o que pensar, o que sentir, o que falar
Me ensinaram o que querer, como fazer para vencer

Tentaram me mostrar onde é que era o meu lugar
Mas nele eu sou duro de ficar

Tentaram me acostumar a ver o que eles tinham pra mostrar
Tentaram reprimir o meu sobrinho de assistir

Tentaram até impedir música boa de ouvir
Mais disso eu nunca vou desistir

Me ensinaram como pensar, como sentir, como falar
O que querer, o que saber, o que fazer para vencer
Tentaram me mostrar, como agir quando errar
Mais isso eu nunca vou acertar
Track Name: HAIKAI
Sonhos gozados, seios fartos
Acordo pra não ver, e lá está você
Que não me deixa esquecer
Track Name: VOL.II
Acordado, enclausurado, preso em meus lençóis
Quero gritar, me belisca pra eu acordar
To atrasado, me foi roubado, confiscado o tempo
Tenho pressa pra chegar, tenho hora pra sair

Um café e um trago
O pãozinho eu passo
Não tenho a fome que me extasia

Sento para ler
Paro pra escrever
Mas nunca encontro as palavras que procuro

Agoniado, vigiado no mijo, do bar, no acaso
Quero gritar, me libera pra errar
Desamparado, jogando cartas dentro do chapéu
Tenho muito pra fazer, o de menos é viver

Mais um café eu mato
Mais um cigarro eu saco
Faço um drink pra passar o dia

Espero o tempo passar
Deixo a noite baixar
É na escuridão que se aconchega a solidão